A Associação dos Administradores Hospitalares deixa ficar o alerta: O regresso à normalidade de funcionamento dos hospitais, em setembro, está comprometido. As 2000 contratações feitas este mês para compensar as alterações das 40 para as 35 horas não chegam e não vêm acompanhadas do respetivo reforço orçamental para os hospitais.

Spread the love