A diretora do serviço farmacêutico do Centro Hospitalar de Vila Nova de Gaia apresentou a demissão por falta de condições de trabalho e falta de pessoal, com “enorme potencial de ocorrência de acidentes graves” que podem afetar os doentes.

Spread the love