O primeiro-ministro garantiu que o Governo tem “feito tudo para que a greve não se concretize” e que a requisição civil só avança “se for estritamente necessário”.

Spread the love