Um militar conduz um camião-cisterna à chegada à sede da Companhia Logística de Combustíveis, em Aveiras de Cima, durante o segundo dia da greve dos motoristas de matérias perigosas e de mercadorias.

Spread the love