Uma sondagem da Universidade Católica Portuguesa realizada no último fim-de-semana aponta para o fim da hegemonia laranja na Madeira, apesar da vitória do PSD nas regionais (38%) do próximo dia 22 de setembro. Os números (apenas 23 deputados) indicam um cenário novo nas últimas quatro décadas no arquipélago, com o fim do ciclo de maiorias absolutas dos social-democratas. O PS surge em segundo lugar, a nove pontos percentuais dos social-democratas, num registo de 29% de votos que poderá valer 18 dos 47 deputados da assembleia legislativa madeirense.

Spread the love